Grupo turco compra ativos da Cimpor em Portugal e Cabo Verde

O OYAK (Ordu Yardimlasma Kurumu) assinou um contrato com a Cimpor – Cimentos de Portugal com vista à aquisição de todos os ativos que compõem a Unidade de Negócio de Portugal e Cabo Verde da Cimpor.

O grupo OYAK é um fundo de pensões da Turquia, fundado em 1961. Realiza investimentos estratégicos em setores lucrativos e de crescimento continuado de diversas indústrias como o cimento e a betão, a exploração mineira e a metalúrgica, o automóvel, a energia e o setor químico, a agricultura, a logística, as finanças e a alumina especializada.

A subsidiária OYAK Cement conta com sete fábricas integradas de cimento, três moagens de cimento e 45 centrais de betão pronto localizadas na Turquia, com uma capacidade anual de produção de 12 milhões de toneladas.

No âmbito da sua estratégia de internacionalização, a OYAK Cement  identificou, segundo revela a Cimpor em comunicado, “o potencial de integração da Cimpor Portugal e Cabo Verde, valorizando em particular o seu know-how, capacidade operacional, a escala, o posicionamento geográfico e a sua capacidade exportadora”.

Através desta aquisição, a OYAK integrará no seu portfolio as três fábricas e as duas moagens de cimento, as 20 pedreiras e as 46 centrais de betão localizadas em Portugal e em Cabo Verde.

Ainda de acordo com o comunicado, as atuais estruturas diretivas das áreas produtivas e dos serviços centrais da Cimpor em Portugal e Cabo Verde manter-se-ão em funções.

Newsletter Construção Magazine

Receba gratuitamente no seu email todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.