Empreitadas públicas em crescimento no início do ano

O ano de 2019 começou com um crescimento de 270 por cento do valor total de empreitadas públicas lançadas a concurso nos dois primeiros meses. Os maiores contributos para este crescimento foram a empreitada do Prolongamento do Quebra-mar Exterior e das Acessibilidades Marítimas do Porto de Leixões, no valor de 141 milhões de euros, e a empreitada relativa ao Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa - Prolongamento das Linhas Amarela e Verde (Rato - Cais do Sodré), no valor de 120 milhões de euros.

No setor privado, os dados, revelados pela Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas, apontam ainda para um crescimento de 43 por cento no número de fogos habitacionais licenciados durante o mês de janeiro.

Como seria de esperar, o consumo de cimento acompanha o crescimento da atividade, com um aumento de 18 nos primeiros dois meses do ano. O licenciamento de edifícios não residenciais foi a única área a registar quebra no mês de janeiro (-25 por cento em relação ao mesmo mês de 2018). No entanto, a FEPICOP adverte tratar-se de dados provisórios, prematuros para se antecipar a evolução ao longo do ano desta variável, dada a sua volatilidade.

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.