Os caminhos do Betão Estrutural

A designação “Betão Estrutural” corresponde a uma terminologia técnica relativamente recente (com cerca de duas décadas) e ainda não totalmente absorvida.

Há três décadas ainda havia uma distinção muito vincada entre estruturas de betão armado e estruturas de betão pré-esforçado. Entretanto, foi ganhando força uma corrente de opinião que defendia uma só designação para as estruturas de betão, as quais poderiam ou não incluir armaduras pré-esforçadas. Esta mudança foi aceite pela comunidade técnica internacional, e isso implicou também mudanças ao nível de associações técnicas: de facto, em 1998, duas associações internacionais muito prestigiadas, o CEB (Comité Euro-international du Béton) e a FIP (Fédération Internationale de la Précontrainte) fundiram-se numa só entidade, a Fib (Fédération Internationale du Béton).

Como ponto de partida, podemos aceitar, de forma muito simplista, que betão estrutural designa estruturas de betão que contêm arranjos de “barras” de aço no seu interior, resistindo, assim, a determinadas ações, sejam elas resultantes de pesos, ventos, sismos ou de outras origens.

O artigo fala sobre a evolução do betão e o expectével num futuro próximo.

Fotografia: Luís Bernardo

Sérgio Lopes

Membro do Conselho Científico da Construção Magazine / Professor na UC

Se quiser colocar alguma questão, envie-me um email para sergio@dec.uc.pt

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.