Midsummer reforça presença na Península Ibérica em colaboração com a Imperalum

A empresa sueca de tecnologia solar Midsummer e a empresa portuguesa de soluções de impermeabilização Imperalum assinaram uma carta de intenção para disponibilizar sistemas solares fotovoltaicos integrados em coberturas a clientes em Portugal, Espanha e países de língua portuguesa em África.

A Imperalum vai também instalar o sistema Slim da Midsummer nas coberturas da sua fábrica no Montijo - Portugal.

“Estamos muito impressionados com os painéis solares fotovoltaicos flexíveis e ultraleves da Midsummer e enquanto líderes nas impermeabilizações de coberturas em Portugal é para nós muito importante oferecer ao mercado soluções sustentáveis e eficientes e a tecnologia que vamos disponibilizar permite integrar nas coberturas de membranas betuminosas, unidades de produção fotovoltaica, sem necessidade de estruturas acessórias, de perfurações e sem as habituais limitações de peso”, comentou o CMO da Imperalum, Jorge Ramos.

Os painéis Midsummer contam com a tecnologia CIGS de película fina com dois milímetros de espessura, podendo ser colados à superfície das membranas betuminosas. Estes apresentam uma instalação simples, não necessitando de qualquer estrutura adicional.

A pegada de carbono é mínima, sendo cerca de 90 por cento inferior à dos painéis solares convencionais.

“Vemos um forte interesse em produtos da Midsummer no mercado português e espanhol e esta nova colaboração com a Imperalum reforça ainda mais a nossa presença na Península Ibérica, tornando os nossos produtos disponíveis para os clientes da região”, disse o CEO da Midsummer, Sven Lindstrom.

“Os nossos produtos são adequados para os locais sistemas de construção, condições meteorológicas e solares no sul da Europa e estão perfeitamente dimensionados para se integrarem nos produtos Imperalum”, acrescentou.

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.