Investimento de 2,8 milhões de euros para remodelar Escola de Murça

A Escola EB2/3 e Secundária de Murça, no distrito de Vila Real, vai ser alvo de uma intervenção de 2,8 milhões de euros que inclui a demolição e substituição das placas de fibrocimento na cobertura dos edifícios.

“Este é seguramente o investimento mais importante deste mandato. Em primeiro lugar pela área em que é feito, a educação, e depois porque abrange toda a comunidade do concelho e é uma obra desejada há muito tempo”, afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara de Murça, Mário Artur Lopes.

As obras já arrancaram, prevendo-se que estejam concretizadas até ao final do primeiro trimestre de 2022. Quando for retomado o ensino presencial, os alunos vão espalhar-se pelos edifícios que na altura não estejam a ser intervencionados, bem como em pavilhões pré-fabricados.

O projeto de remodelação incide sobre todos os equipamentos, desde as salas de aula, os laboratórios, o pavilhão gimnodesportivo, o polivalente, a cozinha e o refeitório.

A empreitada inclui ainda a demolição e substituição das placas de fibrocimento na cobertura dos edifícios em toda a escola, o que, para Mário Artur Lopes, “representa uma vitória da política ambiental do atual executivo” já que “esta medida não estava contemplada no projeto do anterior executivo”.

Para além das intervenções ao nível da cobertura, que incluem um novo revestimento térmico, o ginásio sofrerá também uma intervenção profunda. O espaço de balneários será ampliado e reformulado, serão melhoradas as redes de eletricidade, de comunicação e de esgoto e substituído todo o piso interior do pavilhão.

O atual espaço de refeições vai ser alvo de uma reformulação e melhoria substancial de condições e de equipamentos e a cozinha irá expandir-se, passando a incluir balneários para os funcionários e novas instalações sanitárias.

A nível dos acessos exteriores vai ser criada uma portaria no lado nascente do edifício que facilitará a circulação dos alunos de e para o polo de transportes públicos, situado no Interface Urbano de Murça, que também está em fase de construção.

O investimento global de 2,8 milhões de euros será suportado por fundos comunitários, cabendo 7,5 por cento ao Ministério da Educação e mais 7,5 por cento ao município do distrito de Vila Real.

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.