Gaia atribui bolsa de investigação a jovens arquitetos

A Câmara Municipal de Gaia estabeleceu um protocolo para a 3.ª edição do Programa Millennium Bolsas de Investigação «Cidade e Arquitetura», que atribuirá uma bolsa de investigação no valor de 2.250 euros. Os interessados podem candidatar-se até 3 de julho.

Esta edição terá como tema “Cidade e Património Arquitetónico do Século XX: 1910-1999” e é destinada a jovens arquitetos. O objetivo passa por contribuir para a proteção e preservação do património cultural nacional através da investigação científica na área da Arquitetura e Património.

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Gaia pretende também incentivar os jovens arquitetos para uma carreira profissional ligada à investigação e estimular a curiosidade pelo Património Arquitetónico e Cultural das cidades de grande e média dimensão.

Os candidatos devem ser residentes em Portugal, ter até 35 anos de idade e estar inscritos na Ordem dos Arquitetos. Os bolseiros poderão contar com a orientação científica de representantes dos conselhos diretivos regionais do Norte e do Sul da Ordem dos Arquitetos, entre outros elementos.

A iniciativa, que consiste numa parceria entre a Fundação da Juventude, a Ordem dos Arquitetos, a Fundação Millennium BCP e o Município de Gaia, irá culminar com a realização de uma exposição itinerante com a apresentação final dos trabalhos realizados, abrangendo todos os municípios apoiantes e aderentes.

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.