Consumo de cimento aumentou 10,4% até setembro

O consumo de cimento no mercado nacional, no 3º trimestre de 2020, manteve a tendência de crescimento “sustentado”, com um aumento homólogo de 11,7 por cento. Desde o início o ano, o consumo desta matéria-prima já totaliza 2,7 milhões de toneladas, o que corresponde a um aumento de 10,4 por cento em termos homólogos.

Segundo a última edição da “Síntese Estatística de Habitação”, divulgada pela Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Publicas, a emissão de licenças de construção nova e reabilitação de edifícios habitacionais pelas câmaras municipais aumentou 12,2 por cento, em resultado de um crescimento de 10,7 por cento na construção nova e de 18,3 por cento na reabilitação.

“No entanto, no cômputo dos primeiros nove meses do ano, assiste-se a uma diminuição de 2,2 por cento que resulta de uma variação de -0,1 por cento na construção nova e de -9,2 por cento na reabilitação”, lê-se no documento.

No que diz respeito ao licenciamento de fogos em construções novas, a variação trimestral foi de 1,9 por cento e a variação acumulada até setembro foi de -2,3 por cento, em termos homólogos.

Relativamente ao crédito concedido pelas instituições financeiras para aquisição de habitação, desde o início do ano já foram concedidos 8,1 mil milhões de euros, o que corresponde a um acréscimo de 6,9 por cento face a igual período do ano anterior.

Já a avaliação bancária da habitação manteve-se em 1.128 euros por metro quadrado, valor igual ao observado no mês anterior e que traduz uma subida de 5,8 por cento comparado com setembro de 2019.

Na Região Centro, o número de fogos licenciados em construções novas nos 12 meses terminados em setembro de 2020 totalizou 4.942, o que traduz um crescimento de 3,6 por cento face aos 4.768 alojamentos licenciados nos 12 meses anteriores.

Destes, 68,8 por cento são de tipologia T3 ou superior e 18,6 por cento de tipologia T2. Quanto aos valores de avaliação bancária na habitação nesta região verificou-se, em setembro, um aumento em termos homólogos de 4,8 por cento para 832 euros por metro quadrado.

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.