Mercado da reabilitação urbana com tendência decrescente

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN) revelou que o nível de atividade no mercado da reabilitação urbana registou em setembro uma tendência decrescente, com o índice a cair 9,1 por cento, em termos homólogos, que compara com a queda de 7 por cento apurada em agosto.

Com base nos dados recolhidos no inquérito de setembro à reabilitação urbana, realizado pela AICCOPN aos empresários do setor que atuam neste segmento de mercado, registou-se “um ligeiro recuo ao nível dos principais indicadores qualitativos”, face ao mês anterior.

No índice Carteira de Encomendas também se assistiu a um agravamento relativamente ao volume de obras em carteira, registando-se uma queda de 7,5 por cento, em termos homólogos, quebra superior à verificada em agosto (-5,4 por cento), lê-se no documento.

No que respeita ao indicador que estima a produção contratada em meses, isto é, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, em setembro, registou-se uma estabilização na comparação com os meses anteriores, fixando-se em nove meses.

Newsletter Construção Magazine

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia Civil.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.